Propostas de metodologias para a formação de preços por oferta no Brasil

A ENGIE, contando com o apoio técnico da Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE) e do Operador Nacional do Sistema (ONS), iniciou em maio de 2020 o projeto de Pesquisa e Desenvolvimento (P&D) “Propostas de metodologias para a formação de preços por oferta no Brasil”, no âmbito de P&D regulado pela ANEEL.

A parceria é considerada como mais um passo em direção à modernização do setor elétrico. Entre os benefícios da formação de preços por oferta podem-se destacar: maior competição para a formação de preços, menor risco de judicialização e, melhores sinais econômicos para o mercado.

O projeto está sendo executado pela PSR Consultoria, com o apoio de pesquisadores renomados no assunto. O escopo do projeto foi dividido em 3 Fases, com objetivos bem definidos e entregáveis associados.

P&D ANEEL

Cooperação Técnica

Executora

Objetivo

Pesquisar alternativas metodológicas e propor um mecanismo de despacho centralizado de energia elétrica e formação dos preços de curto prazo, a partir de ofertas efetuadas pelos agentes – considerando as características e particularidades do Sistema Elétrico Brasileiro. Além disso, disponibilizar uma plataforma digital para permitir que os agentes possam interagir e avaliar os efeitos práticos do funcionamento do mecanismo proposto.

Fases

1 Desenho Conceitual

Construir uma discussão de alto nível com a sociedade brasileira, a respeito dos princípios e das consequências da implementação de um mecanismo de formação de preços, com base em ofertas dos agentes e, construir uma proposta de desenho conceitual adaptada à realidade brasileira e respaldada por experiências internacionais de implementação de mecanismos similares.

01

Avaliação conceitual e estratégias de desenhos

02

Workshop para os agentes

03

Proposta consolidada de desenho de mecanismo

04

Taxonomia da experiência internacional

2 Desenho Detalhado

Traduzir o desenho conceitual em uma proposta concreta para o Brasil, destacando o papel das instituições – em particular, do ONS e CCEE, cujos processos internos podem ser significativamente afetados por essa mudança – e, a necessidade de se ter clareza no desenho de mecanismos que dão suporte ao mecanismo de formação de preços – elementos do desenho detalhado.

05

Visão de processos do ONS e da CCEE

06

Mecanismos e regras adicionais de suporte ao mecanismo

Data estimada: Nov/2021

07

Roadmap de implementação

Data estimada: Jan/2022

3 Modelagem Computacional

Apresentar exercícios quantitativos buscando representar a realidade do Brasil após a implementação do mecanismo de formação de preço baseado em ofertas, incluindo potenciais comportamentos futuros dos agentes e consequências da implementação do novo modelo. Além disso, disponibilizar à sociedade ferramentas analíticas que viabilizem que outros agentes e pesquisadores realizem exercícios quantitativos similares e explorações adicionais.

08

Laboratório computacional de uso livre

Data estimada: Out/2021

09

Estudos de caso com o laboratório computacional

Data estimada: Out/2021

10

Modelo de equilíbrio de uso livre

Data estimada: Fev/2022

11

Estudo de caso com o Modelo de equilíbrio

Data estimada: Fev/2022

Contato

Entre em contato com a nossa equipe preenchendo o formulário abaixo.








Verificação de segurança
* Campos obrigatórios.
Voltar ao topo