Como empresa de atuação global, a ENGIE dispõe de recursos para, de forma voluntária, contribuir para o desenvolvimento sustentável das comunidades onde está inserida, principalmente por meio de duas instituições: a Fundação ENGIE e a ENGIE Rassembleurs d’Energies. Além de contar com essas duas importantes parcerias, a ENGIE Brasil dispõe de recursos próprios e incentivados pela legislação brasileira.
Em benefício direto de comunidades onde atua, há também um recurso de ordem legal que a geração proveniente das usinas hidrelétricas da ENGIE propicia: a Contribuição Financeira de Uso de Recursos Hídricos (CFURH, também conhecida como “royalties”).

Características

Recursos próprios e incentivados

Na utilização de recursos próprios ou incentivados, o foco é nas comunidades onde a ENGIE está inserida.
Prioritariamente, a ENGIE desenvolve e apoia projetos que demonstrem perspectivas de continuidade, principalmente os que possam se tornar autossustentáveis em curto ou médio prazo. Ações emergenciais e/ou puramente filantrópicas também podem ser apoiadas, sempre após criteriosa análise e com o acompanhamento da utilização dos recursos. Ao utilizar incentivos fiscais, o critério é o mesmo, porém com ênfase ainda maior nas perspectivas de continuidade autossustentável das iniciativas. Além disso, por meio do Programa Capacitar, a empresa orienta, de forma gratuita, interessados em saber como funcionam os mecanismos legais de renúncia fiscal e os métodos e diretrizes da ENGIE Brasil.

Saiba Mais
Fundação ENGIE

Com 25 anos de compromisso com a solidariedade e o meio ambiente, a Fundação ENGIE reflete o engajamento social, societário e ambiental da ENGIE e seus colaboradores, atuando em vários países, com inúmeros projetos e sempre de forma voluntária. A Fundação ENGIE acredita na transformação social e assume compromissos e desafios no apoio a projetos voluntários, principalmente na assistência a crianças e jovens vulneráveis, no acesso à energia para todos e na proteção da biodiversidade.

Saiba Mais
Rassembleurs d‘Energies

Um fundo de investimentos corporativo da ENGIE, de impacto social, com o objetivo de promover o acesso à energia limpa e sustentável para melhorar vidas e gerar crescimento econômico para populações vulneráveis: assim é o Rassembleurs d’Energies. Os projetos por ele financiados contribuem para reduzir a escassez de energia em diversos lugares do mundo. Além de promover o empreendedorismo social, o Rassembleurs d’Energies é uma iniciativa aberta, que reúne os conhecimentos e soluções de acesso à energia, para mudar as condições de vida de milhões de pessoas.

Saiba Mais
Royalties (CFURH)

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) determina que 7% da receita da geração de usinas hidrelétricas sejam destinados, em diferentes proporções, à União e aos Estados e Municípios da região das usinas, por meio da CFURH. Em 2017, o total pago pela ENGIE Brasil correspondente à CFURH foi de R$ 165,4 milhões, dos quais 74,4 milhões foram destinados aos Estados e igual montante aos Municípios das regiões das usinas hidrelétricas da ENGIE e das que opera em consórcio.

Saiba Mais